sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Tudo é um processo...


Oi gente...

Repondendo a pergunta da igrith... Porque eles nos abandonam na nossa melhor fase...
Não sou nenhuma pessoa super entendida no assunto, mas no meu ponto de vista acredito que nossos companheiros não estão preparados para as milhares de mudanças que ocorrem no nosso corpo e principalmente na nossa mente... eu confesso que mudei muito, estou mais simpática e sociável, conhecendo pessoas novas... e isso incomoda as pessoas, mas a vida é assim mesmo... estamos a ki para passar por cima dessas coisas... apesar de ter namorado por 8 anos... tô super bem, super feliz, super tranquila... e a vida está ai pra ser vivida...
E vamos nessa...



Esse texto achei a cara do que eu tô vivendo... ta até no meu orkut...




EU APRENDI QUE...

Amores eternos podem acabar em uma noite;

Que grandes amigos podem se tornar ferrenhos inimigos;

Que o amor, sozinho, não tem a força que imaginei;

Que ouvir aos outros é o melhor remédio e o pior veneno;

Que a gente nunca conhece uma pessoa de verdade, afinal gastamos uma vida inteira para conhecer a nós mesmos;

Que confiança não é questão de luxo, e sim de sobrevivência;

Que os poucos amigos que nos apoiam na queda, são muito mais fortes do que os muitos que nos empurram;

Que o "nunca mais" nunca se cumpre;

Que o "para sempre" sempre acaba;

Que minha família com suas mil diferenças, está sempre aqui quando eu preciso;

Que ainda não inventaram nada melhor do que colo de mãe desde que o mundo é mundo;

Que vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo;

Que vou cair e levantar milhões de vezes...





3 comentários:

Ingrith disse...

Elisa, então vamos que vamos! Dá a mão aqui pq eu tô muito feliz tb... só que solteira, preciso de um namorado, rs

Ingrith disse...

Que 2009 seja seu ano e que todas suas metas sejam atingidas!

EA disse...

ola Elisa,

temos 3 coisas em comum :)

Ambas nos chamamos Elisa
Eu já morei em Fortaleza e a minha familia ainda mora lá!
E também ando na luta contra o peso...

Espero que voltes a escrever, beijinhos e mta força :)